Tags

,

A nova lesão de Derrick Rose pôs fim às chances de título do Chicago Bulls nesta temporada da NBA. Para não sobrecarregar na armação do time o veterano Kirk Hinrich, que também vive rodeado de dores e contusões, a diretoria foi atrás de DJ Augustin, que andava encostado no Toronto Raptors. E não é que a contratação deu mais certo que o esperado?

Com a camisa 14 alvirrubra, o jogador de 26 anos acumula 13,4 pontos, seis assistências e 1,2 roubo de bola em 30,4 minutos de quadra, em média, por partida. Além disso, possui 43,4% de eficiência nos arremessos de quadra, e 42,7% nos disparos de três pontos*. Todos esses números o levaram a ter atuações explosivas, como os 27 pontos, sete assistências e cinco rebotes na vitória sobre o Cleveland Cavaliers (22 de janeiro) e os 28 pontos, sendo seis bolas de três, no triunfo diante do Charlotte Bobcats (três noites depois). Wow!

Augustin tem aproveitado o espaço dado pelo técnico Tom Thibodeau na rotação, ampliado pela série de pequenas lesões de Hinrich e a pouca produtividade de Marquis Teague, que, aliás, já foi trocado para o Brooklin Nets. E o melhor é que Augustin custará “apenas” US$ 1,24 milhão para os Bulls nesta temporada, já que está em seu último ano de contrato.

Com o jogador revelado pela Universidade de Texas em seu curto elenco, os Bulls cresceram de produção na liga, reagiram e já alcançaram retrospecto positivo na classificação, brigando “pau a pau” com Toronto Raptors pelo quarto lugar na combalida Conferência Leste.

Todo esse cenário pode fazer com que a diretoria se esforce para ficar com o point guard na próxima temporada. Pagando um pouco mais de salário, ele pode ser uma alternativa interessante para quando Rose voltar, seja como seu reserva, ou mesmo atuando com o craque do time, liberando-o para a posição 2. A equipe já atuou assim com Hinrich na condução da bola, e Rose mais livre para atacar.

Além disso, a ascensão de Augustin pode culminar com a saída de Hinrich. Em seu último ano de contrato com a franquia de Illinois, que lhe paga US$ 4 milhões por ano, o camisa 12 pode estar de saída. Algumas equipes sondaram a diretoria por uma troca já para a temporada 2013-2014, e nada está descartado. Hinrich já tem 33 anos, e as constantes lesões podem levar com que o clube o libere.

Só nos resta aguardar pelas cenas dos próximos capítulos.

Advertisements